1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1.222 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Como Fica o Sexo Durante a Gravidez

0

Que sexo é muito bom e faz bem à saúde, ao corpo e à mente todo mundo sabe. A gente se sente mais leve, mais desejada, mais bonita e, consequentemente, eleva nossa autoestima às nuvens de tal forma que acabamos por nos esquecer até daquele pneuzinho ou dobrinha a mais.

Porém, de tanto treinar e ensaiar, uma hora a Dona Cegonha aparece e o sexo na gravidez se torna escasso, quase inexistente durante todo o período gestacional, afetando de forma substancial principalmente as mulheres, abalando e desestruturando fortemente o relacionamento do casal, pois muitos pensam que não pode haver sexo durante a gravidez. Mas só para avisar: quem pensa que não pode transar durante a gestação está muito, muito enganado, salvo as exceções de orientação médica.

Saiba mais Informações, acesse: Primeiros Sintomas de Gravidez

Como Fica o Sexo Durante a Gravidez
Como Fica o Sexo Durante a Gravidez. Imagem:Divulgação

As mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez alteram o comportamento e as emoções das mulheres de uma forma tão peculiar e intensa, que nada no mundo causa tantas mudanças de um modo tão ímpar: em um momento gargalhamos, depois ficamos emburradas e, entre uma risada e outra, nos debulhamos em lágrimas e choramos por qualquer motivo.

Sim! Qualquer motivo mesmo! Um convite surpresa para tomar sorvete emociona tanto quanto assistir “Titanic” pela ducentésima vez ou pensar a triste vida das cobras por não terem bracinhos. Sim, choramos de soluçar.

O Medo do Sexo

E, justamente devido a este turbilhão de emoções versus hormônios enlouquecidos, pensar em sexo durante a gravidez é algo particularmente incerto e, até mesmo evitado. E isso tudo, tanto do ponto de vista masculino, quanto do feminino, tem apenas um motivo: medo.

Nos homens o medo é o mais óbvio e bobo possível, o de “cutucar” o bebê, ou de machucá-lo. Isso no começo da gestação pode não ser tão percebido, mas conforme a barriga aumenta, o medo cresce na mesma proporção.

Já para as mulheres, naturalmente encucadas que somos, o medo de machucar o bebê ou prejudicar a gravidez de alguma forma é o número um no ranking de medos.

Porém, há outros medos que, mesmo sendo fantasiosos, nos atormentam: medo de parecer muito gorda, medo do marido perder o desejo, medo de ser rejeitada, medo do marido arrumar uma amante mais magra ou mais bonita, medo de ficar com os seios balançando durante o sexo.

Saiba mais Informações, acesse: Como emagrecer 10 kg em 10 dias

Como Fica o Sexo Durante a Gravidez
Como Fica o Sexo Durante a Gravidez. Imagem:Divulgação

Enfim, uma infinidade de medos que, ao crescer a barriga, crescem exponencialmente, como se ao final da gestação virássemos abóbora. Como o corpo da mulher muda muito durante a gravidez, não adianta tentar negar, a autoestima e a relação com o próprio corpo mudam de forma tão drástica que só de pensar em ser rejeitada pelo marido ou de não ser atraente o suficiente já é motivo para chorar (de novo!).

Pode ter Relação no Inicio da Gravidez

O sexo na gravidez é extremamente saudável, desde o início, até o dia que precede o parto. Porém, algumas mulheres podem apresentar riscos de aborto, pequenos sangramentos ou cólicas mais intensas, principalmente no primeiro trimestre da gravidez, que é considerado pelos médicos o período mais delicado de toda a gestação. Caso não haja nenhum risco inerente à futura mamãe ou ao bebê, o sexo no início da gravidez pode acontecer normalmente. Porém é bom ficar atento quanto a desconfortos que possam ocorrer.

Saiba mais Informações, acesse: 

Caso haja algum risco, o obstetra irá orientar o casal da melhor forma possível, seja para diminuir a frequência sexual, seja para proibi-la terminantemente até segunda ordem. Do contrário, o sexo está liberado, mas com calma, okay? Nada de fazer um sexo selvagem ou intenso demais.

Posições na Gravidez

No início da gravidez, ou enquanto a barriga ainda está pequena, praticamente não existe desconforto na hora do sexo e as posições tradicionais ou que esteja acostumada a fazer não precisam ser alteradas, justamente pelo fato do corpo ainda não ter mudado tanto.

Entretanto, quando a barriga cresce e começa a pesar, nem todas as peripécias cotidianas podem ser realizadas na cama, pois geram desconforto e até mesmo um pouco de dor.

Saiba mais Informações, acesse: Conheça os Principias Tratamentos para Depressão

Por esse motivo, listamos abaixo algumas posições sexuais mais indicadas para serem feitas durante (e depois) da gravidez, para que tudo ocorra com conforto e muito prazer.

  • Tradicional “papai e mamãe” – Neste caso, o homem se apoia nos braços para não comprimir a barriga da mulher;
  • Os dois em pé, tanto com a mulher de frente quanto de costas;
  • Colher ou conchinha – Neste caso, ambos devem estar deitados do lado esquerdo para não pressionar a principal veia que leva sangue ao bebê;
  • Cachorrinho – O famoso “ficar de quatro”, deve se atentar quanto à intensidade, pois a mulher não tem controle na penetração;
  • Gangorra – Um fica de frente para o outro, sentados e a mulher passa suas pernas sobre a de seu parceiro;
  • Mulher por cima – Seja de lado, de costas ou de frente para o homem.

Ter Relação na Gravidez Ajuda no Parto Normal

Muitos casais acreditam que no final da gravidez o sexo é perigoso, mas enganam-se. O sexo com cuidado, carinho e respeito em qualquer período da gravidez faz muito bem. A relação sexual faz com que o cérebro libere várias substâncias, inclusive, muito semelhantes com os medicamentos utilizados para induzir ou acelerar o trabalho de parto.

1-Como Fica o Sexo Durante a Gravidez
Como Fica o Sexo Durante a Gravidez. Imagem:Divulgação

O ideal é que o homem ejacule dentro da parceira, pois o sêmen contém altas taxas de prostaglandina, uma substância semelhante ao hormônio A, que ajuda a amaciar e afinar o colo do útero, incentivando-o a abrir. Já para a mulher, o clímax é o mais importante!

Saiba mais Informações, acesse:  9 Principais Sintomas da Baixa Imunidade – Saiba como Tratar

O orgasmo feminino faz com que o corpo libere oxitocina, que é o hormônio que desencadeia as contrações. Portanto o sexo durante a gravidez, desde o início só traz benefícios, desde que não haja nenhuma orientação médica para não o fazer.

E no fim da gravidez auxilia a induzir o parto normal. Enfim, sexo é muito bom e, desde que haja respeito e carinho, pode ser feito por toda a vida, com muito amor e muito, muito prazer!

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA