1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2.773 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

Como Tratar e Identificar a Alergia na Pele

0

Alergias na pele são extremamente comuns e se apresentam em qualquer idade, independente de sexo e do tipo de pele, seja ela da cor que for todos estão sujeitos a apresentar alguma reação alérgica na pele em algum momento da vida.

Seja nas pernas, virilha, costas, mãos, pés, axilas, pescoço ou rosto, a alergia na pele se apresenta em qualquer local do corpo de formas variadas, como coceira, descamação, pequenas bolinhas brancas ou avermelhadas, vermelhidão, aspereza, inchaço e até mesmo bolhinhas, dependendo do agente causador da alergia.

Saiba mais Informações, acesse: Como é Feito os Testes de Alergias?

Independente da causa e da forma que ela se apresenta, uma coisa é certa: é muito incômoda, isso porque a maioria das formas de alergias na pele coça e, de tanto coçar, passam a arder ou dar a sensação de pinicação, além de poder piorar consideravelmente o aspecto do local afetado.

A sensação de falta de ar ou garganta fechada, também são sintomas de alergia, porém deve-se observar com atenção e ir ao médico o mais rápido possível, já que estes sintomas são mais graves, podendo causar sufocamento caso não seja administrado um antialérgico com urgência.

Como Tratar e Identificar a Alergia na Pele
Como Tratar e Identificar a Alergia na Pele. Imagem:Divulgação

Alergia na pele, assim como qualquer tipo de alergia, pode ser desencadeada de uma hora para outra, mesmo por coisas que se usa habitualmente. Aquele hidratante maravilhoso de cassis com chantilly e notas de baunilha que você usa religiosamente após o banho desde mil novecentos e bolinha pode, de um dia para o outro, desencadear alergia na pele.

E não é só isso! A alergia na pele pode ser causada por alimentos, bebidas, medicamentos, cheiros, cosméticos, picadas de inseto, animais de estimação, sol, produtos de limpeza, produtos químicos, tecidos, plantas, corantes, enfim, uma infinidade de produtos e substâncias que seu corpo passa a rejeitar, causando assim uma intolerância e reagindo de forma inflamatória na pele.

Como Tratar Alergia na Pele

Normalmente o tratamento para a alergia na pele é bem simples e barata, não necessitando de medicações dispendiosas e de uso prolongado.

Remédios para alergia, de forma geral, são distribuídos gratuitamente em hospitais e prontos-socorros que realizam atendimento pelo SUS – Sistema Único de Saúde – já entregando a medicação logo após a consulta ou em farmácias públicas. Anti-histamínicos de via oral são os mais comumente indicados, porém há outras formas de tratamento com pomadas e cremes que auxiliam na diminuição da coceira e do desconforto, assim como, dependendo da causa da alergia, acabam totalmente com os sintomas.

Saiba mais Informações, acesse: O que é Astigmatismo – Sintomas e Curas

Como Identificar Alergia na Pele

Os sintomas de alergia na pele são muito fáceis de serem percebidos. Como visto anteriormente, as reações alérgicas desencadeiam uma série de sintomas, porém, a coceira é a mais comum delas e, quase sempre, vem acompanhado de algum outro sintoma descrito acima.

Ao notar que surgiram sintomas de alergia a pele, basta lavá-la com água e sabão neutro e tentar identificar a causa da alergia, evitando ter contato novamente com o agente causador. Em casos mais graves, onde haja dificuldades respiratórias, enjoos e vômito, procurar rapidamente um dermatologista, alergologista ou, até mesmo, um médico clínico geral para se evitar complicações.

Saiba mais Informações, acesse: Qual o Melhor Chocolate para a Saúde

Como Identificar Alergia na Pele
Como Identificar Alergia na Pele. Imagem:Divulgação

Como Tratar Alergia no Rosto do Bebe

Bebês, como todos sabem, têm a pele muito mais sensível do que crianças mais velhas e adultos. Sendo assim, a pele do bebê reage de forma extrema a uma substância que tenha entrado em contato e que cause alguma irritação, além de outros fatores que podem causar alergia na pele de bebês, como o suor, calor em excesso, cheiros fortes, dentre tantos outros.

Como a pele do bebê é muitíssimo mais sensível e delicada que a nossa, é de extrema importância que, ao notar sinais de alergia, o bebê seja levado ao pediatra para que ele avalie e indique o melhor tratamento, pois há determinadas medicações que só podem ser ministradas após os seis meses de idade.

Saiba mais Informações, acesse: Opti Memory – Leia Antes de Comprar!

Além disso, a coceira provoca um irritabilidade muito grande no bebê, que não consegue se coçar ou minimizar os sintomas sozinho e, também por este motivo é importante levá-lo ao pediatra, já que existem cremes e hidratantes com compostos que aliviam a coceira ou incômodo local quase que imediatamente, trazendo alívio e tranquilidade ao bebê.

Tratamento Caseiro para Alergia a Pele

Tratar ou minimizar os sintomas de alergia na pele também é muito fácil utilizando a medicina alternativa, aproveitando-se das propriedades curativas de plantas e ervas, fazendo cremes, chás para compressa e para beber, pomadas caseiras etc. As mais utilizadas são camomila, babosa (aloe vera), suco de melão com pepino e agrião, hortelã-pimenta, lavanda, calêndula, menta, aveia e mel.

Rosto Vermelho – Atenção

Vermelhidão no rosto nem sempre é alergia. Manchas avermelhadas no rosto podem indicar outras doenças, como rosácea e até mesmo câncer de pele.

Portanto, se ao perceber que não há coceira, ardência e diminuição dos sintomas, mesmo mudando de hábitos e não tendo contato com o que você pensa ser o causador da “alergia”, vá ao médico.

Rosto Vermelho – Atenção
Rosto Vermelho – Atenção. Imagem:Divulgação

Seja dermatologista ou clínico geral, só mesmo um profissional da saúde poderá avaliar e diagnosticar devidamente o problema, assim como indicar o tratamento mais eficaz. Afinal, para manter uma pele bonita e saudável, nada melhor do que despender à ela alguns cuidados.

O site boaformaesaude.com.br é um espaço informativo de educação e divulgação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto de diagnósticos ou tratamentos, sem antes consultar um médico ou profissional de saúde habilitado.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA