1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Como Tratar e Identificar um Infarto

0

O infarto é um problema muito comum em centenas de pessoas. Ele também pode ser chamado de ataque cardíaco, parada cardíaca ou infarto agudo do miocárdio. Esse problema atinge algumas determinadas classes de pessoas que possuem predisposições ao problema, ou seja, fatores que aumentam as chances do infarto ocorrer.

Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)
Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)

De modo geral, um infarto acontece quando o fluxo de sangue que vai ao miocárdio é bloqueado por um longo tempo, o que causa a morte ou uma série danificação do músculo cardíaco. O infarto pode ser fatal, mas quando não é, é preciso um tratamento adequado para evitar danos no miocárdio e permitir uma vida normal novamente ao paciente. Veja a seguir como identificar e tratar um infarto.

O que Pode Causar o Infarto?

O infarto pode ser causado por vários fatores. A principal causa do infarto é quando uma ou mais das artérias que transportam oxigênio ao coração são obstruídas por um coágulo de sangue, que foi formado acima de uma placa de gordura.

Essa presença de placa de gordura recebe o nome de aterosclerose. Conforme essa placa de gordura cresce, ela obstrui ainda mais a passagem da artéria e pode causar dores no peito. Essa dor tende a surgir quando a obstrução já está próxima dos 100%. O infarto ainda pode ser causado quando há o fechamento completo do vaso que, por sua vez, acontece quando há uma ruptura na parede da placa da gordura.

Fatores de Risco para o Infarto

Além das causas mencionadas, há fatores de risco que podem aumentar as chances de determinada pessoa desenvolver o problema. É essencial estar a par desses fatores de risco e sempre evitar ao máximo não tê-los em sua vida.

Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)
Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)

Um dos principais fatores de risco é a idade: homens com mais de 45 anos e mulheres com mais de 55 anos possuem mais propensão ao infarto. O mesmo é válido para o tabagismo, hipertensão, colesterol elevado, alcoolismo, diabetes, histórico familiar de infarto, sedentarismo, obesidade, e outros fatores.

Quais são os Sintomas do Infarto?

Saber identificar o infarto é essencial. Dessa forma você pode ajudar alguém que se encontre nessa situação ou você mesmo. O infarto possui muitos sintomas visíveis que podem ser identificados com facilidade, se você souber quais são. É importante estar atento aos sinais que o corpo dá e saber interpretá-los.

Um dos primeiros sinais do infarto é uma dor intensa no centro do peito. O indivíduo também pode se deparar com vômitos, náuseas, dor na mandíbula e no pescoço, dor nos ombros e braços, suor excessivo, sensação de desmaio, falta de ar, entre outros. Palpitações e fadigas também fazem parte dos sintomas e, ao sentir os primeiros sinais, é fundamental ir em busca de ajuda médica.

Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)
Como tratar e identificar um infarto. (Imagem: Divulgação)

Conheça os Tratamentos para Infarto

O tratamento para infarto tende a depender muito de cada situação, de paciente para paciente e dos seus sintomas. É possível que o tratamento envolva medicamentos e procedimento invasivo, de acordo com os danos que o seu coração possui.

Os procedimentos mais usados para tratar o infarto são cirurgia de revascularização miocárdica e angioplastia coronária com implante.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA