1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1.974 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Doenças respiratórias

0

 

As doenças respiratórias atingem diversos órgãos entre eles os pulmões, a boca, as fossas nasais, os brônquios e a traquéia. Nos dias de hoje elas são a terceira causa mais comum de morte e devem ser levadas a sério para evitar complicações. Existem muitas delas e aqui vamos falar sobre algumas.

Doenças Respiratórias Bronquite Crônica

A bronquite acontece da inflamação das passagens de ar para os pulmões. A versão crônica é a mais preocupante, pois exige cuidados especiais e um tratamento imediato.

A bronquite crônica é causada principalmente pelo cigarro, mas outros fatores também influenciam no desenvolvimento da doença como a poluição e emissão de gases tóxicos.

Bronquite Crônica
Bronquite Crônica – Doenças Respiratórias. Imagem:divulgação

Os pacientes infectados com bronquite crônica podem sentir os seguintes sintomas: tosse com muco, fadiga, ronco ou chiado no peito, febre, calafrios, desconforto no peito, inchaço nos tornozelos e pernas, lábios roxos e infecções respiratórias freqüentes.

O tratamento consiste no uso de antibióticos, xaropes para a tosse, antialérgicos, medicamentos para asma, etc.

Acesse e saiba mais informações: Noz da Índia Emagrece, Onde Encontrar e Comprar!

Doenças Respiratórias Câncer de Pulmão

O câncer de pulmão é outro tipo de doença respiratória que surge da quebra dos mecanismos de defesa naturais do pulmão, levando ao crescimento de células malignas. Esse câncer pode afetar desde a traquéia até a periferia do pulmão.

O câncer de pulmão ainda possui subtipos que são definidos a partir de uma consulta com o especialista. A principal causa dessa doença é o cigarro; logo depois também temos como causadores a inalação de agentes químicos, inalação de poeira e de poluição e outras doenças como a tuberculose a DPOC que podem agravar o quadro.

pulmão com cancer
Câncer no Pulmão – Doenças Respiratórias. Imagem:divulgação

O câncer de pulmão provoca os seguintes sintomas no paciente: tosse, falta de ar, chiado no pulmão, sangue no escarro e dor no peito.

O tratamento mais indicado para essa doença é a cirurgia, mas nem sempre ela pode ser feita – muitos fatores influenciam. Outros métodos de tratamento: quimioterapia e radioterapia.

Acesse e saiba mais informações: Coletor Menstrual – O que é ?

Doenças Respiratórias Pneumonia

A Pneumonia é uma doença muito conhecida e temida por todos. Ela é uma infecção que se instala nos pulmões e geralmente são provocadas por bactérias, vírus e fungos. A pneumonia possui 4 tipos: provocada por vírus, provocada por bactérias, provocada por fungos e a pneumonia química.

Os principais fatores de risco para essa doença são:

  • Uso de cigarros e álcool
  • Ficar muito tempo com o ar condicionado ligado
  • Não curar completamente de resfriados
  • Mudanças de temperatura.
Pneumonia
Pneumonia – Doenças Respiratórias. Imagem:divulgação

A pneumonia apresente muitos sintomas já conhecidos pela população: tosse, falta de ar, mal-estar, fraqueza, alterações na pressão, febre alta, dor no tórax, muco verde ou amarelado.

Para tratar pneumonia é necessário o uso de antibióticos e, em casos especiais, é solicitado que o paciente fique no hospital por alguns dias.

Acesse e saiba mais informações: Cabelos – Mude alguns hábitos e veja seus cabelos crescerem!

Doenças Respiratórias Laringite

A laringite ocorre com a inflamação da laringe que resulta em uma voz rouca ou áspera. Essa doença pode ser tanto rápido quanto longa e se caracteriza sendo aguda ou crônica.

O que pode causar uma laringite aguda (que dura no máximo duas semanas) é o esforço vocal, infecções bacterianas e infecções virais.

Laringite
Laringite – Doenças Respiratórias. Imagem:divulgação

 

A laringite crônica (que dura por mais tempo) pode ser causada por sinusite crônica, pelo hábito de fumar, por vapores químicos e uso excessivo de álcool.

A laringite causa em seus infectados: tosse, dificuldade para engolir e garganta seca. O tratamento é simples e pode ser feito em casa: você deve descansar a voz e falar o mínimo que conseguir. Além disso, manter o ambiente úmido é fundamental, assim como beber muita água e não fumar.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA