1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1.345 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Ginástica íntima – Acessórios e benefícios do Pompoarismo!

0

 

Muito conhecida em outros países, a ginástica íntima vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, e isso se deve a um fato muito importante: as mulheres têm cada vez mais liberdade para lidar com sua própria sexualidade.

O que é ginástica íntima?

Ginástica íntima, também conhecida como pompoarismo ou exercícios Kegel, é uma prática de exercícios de contração e relaxamento do músculo do assoalho pélvico.

O exercício é feito em um determinado período de tempo, e com alguns dias de prática já é possível notar os resultados.

Muito utilizado para o tratamento de incontinência urinária e para auxiliar o parto normal, a ginástica íntima passou a ser mais estudada com o passar do tempo e descobriu-se que seus benefícios vão além destes dois: redução de cólicas menstruais, aumento da libido e possibilidade de orgasmos múltiplos são algumas das outras benesses que quem pratica o pompoarismo tem.

ginástica intima
Ginástica Íntima. Imagem:divulgação

Como praticar?

Muita gente pensa que praticar estes exercícios pode ser difícil ou cansativo, mas na verdade a prática é bem simples. Com 10 minutos diários você consegue ver a diferença no seu corpo em pouco tempo.

Cátia Damasceno é uma fisioterapeuta uroginecológica que ministra um dos poucos cursos onlines que existem sobre o assunto. No seu blog, Mulheres Bem Resolvidas, ela dá dicas para a prática e tira dúvidas sobre o pompoarismo.

Veja o exemplo de um exercício simples que a própria Cátia ensina:

Ela também afirma que o tempo que se leva para ver os resultados varia de organismo para organismo:

“Tenho alunas que já me procuraram para falar que sentiram diferença na primeira semana de prática, e isso depende muito de cada corpo e também da disciplina que a mulher tem para praticar os exercícios, mas todas sentem diferença com 30 dias de exercícios”.

Os acessórios do pompoarismo

Como todo exercício, a prática começa simples e com o tempo, e ganho de força, a mulher começa a fazer a ginástica íntima com o auxílio de acessórios para ganhar ainda mais força e habilidade.

Ben-wa

As bolas Ben-wa talvez sejam o principal acessório utilizado para a prática de pompoarismo. A peça consiste em duas bolas com pesinhos ligadas por um fio de silicone.

A mulher deve utilizar a força da pelve para puxar as bolinhas para dentro e depois expulsá-las.

Ginástia intima
Ginástica Íntima. Imagem:divulgação

Cone

Funcionam como as bolas Ben-wa, mas o formato diferente ajuda que a mulher ganhe mais prática e força. Além disso, a prática com os cones aumenta a sensibilidade vaginal.

Ginástia intima
Ginástia Íntima. Imagem:divulgação

Os cones têm pesos diferentes. Para saber se o seu está correto tem duas dicas: quando o cone é muito leve não cai com a musculatura relaxada, e quando está muito pesado ele cai mesmo com a musculatura contraída.

É importante lembrar que para a prática de exercícios é fundamental a orientação de um profissional.

Benefícios sexuais

A prática de exercícios da ginástica íntima proporciona uma séria de benefícios na área sexual.

Gisnástica intima
Ginástia Íntima. Imagem:divulgação
  • Ajuda no tratamento de anorgasmia (dificuldade em ter orgasmo)

Como os exercícios são feitos em uma zona erógena e cheia de terminações nervosas, a área fica mais estimulada e com maior circulação de sangue. Além disso, a mulher consegue estreitar o canal vaginal a partir do movimento voluntário que faz com a musculatura, intensificando assim a fricção entre ela o órgão do parceiro, e consequentemente, aumenta o prazer para os dois.

  • A mulher consegue ter orgasmos múltiplos e mais intensos

A mulher consegue ter orgasmos múltiplos pelas razões similares às citadas acima. A mulher que pratica pompoarismo há certo tempo consegue ter controle total da musculatura do assoalho pélvico, portanto consegue fazer movimentos que intensificam a contração da vagina e aumentam a fricção entre as genitálias, assim ela chega ao orgasmo com mais facilidade e mais vezes.

  • Retarda a ejaculação do parceiro

Como a mulher detém total controle do períneo, ela consegue apertar a base do pênis do parceiro e assim evitar que ele ejacule.

  • A mulher fica mais “apertadinha” e consegue simular virgindade

Com a força que adquire com os exercícios, a mulher consegue contrair totalmente o seu músculo, simulando o rompimento do hímen novamente, ou deixar apertado o suficiente para que o casal possa aproveitar mais a sensação.

ginástica intima 1
Ginástica íntima. Imagem:divulgação
  • Aumenta a lubrificação vaginal e a libido

Os exercícios de contração e relaxamento fazem com que o fluxo sanguíneo no local aumente significativamente. Por consequência, com a região mais irrigada, a lubrificação aumenta e este estímulo desenvolve a libido da mulher. Além disso, a maior lubrificação facilita a penetração e o sexo torna-se mais prazeroso.

Benefícios para a saúde

Muita gente não sabe, mas a ginástica íntima também combate problemas de saúde que acometem a maioria das mulheres, como cólicas menstruais, incontinência urinária e dispareunia (dor no ato sexual).

  • Combate a flacidez vaginal e ajuda a evitar a cirurgia de períneo

A flacidez vaginal é um problema que acomete todas as mulheres em certa idade. O períneo é responsável também pela sustentação da bexiga, do reto, da uretra e do útero. Como a maioria das mulheres não pratica ou desconhece a ginástica íntima, o músculo reage como qualquer outro que não é exercitado: fica flácido. Com isso, o períneo não aguenta o peso dos órgãos e estes descem.

ginastica intima 2
Ginástica íntima. Imagem:divulgação
  • Controla a incontinência urinária

O períneo é a região muscular que, dentre outras coisas, controla a saída de urina e fezes. Com os exercícios da ginástica íntima, a mulher consegue controlar estes músculos e assim abrandar os sintomas da incontinência urinária.

  • Diminui as cólicas e o período menstrual

Com os exercícios, a mulher consegue diminuir a intensidade da cólica, pois consegue ter um controle maior sobre as contrações, além disso, com o períneo altamente irrigado por causa da ginástica íntima, a quantidade de sangue que “necessita” sair durante a menstruação diminui, consequentemente diminuindo os dias do período menstrual.

  • Ajuda no tratamento de vaginismo ou dispareunia

O vaginismo, ou a dispareunia, é a dor durante a relação sexual de origem psicológica. A mulher, por vergonha, medo, traumas ou estresse, “trava” o músculo na hora da relação e não consegue ser penetrada. Como os exercícios auxiliam na contração voluntária, a mulher consegue ter controle sobre seu músculo e deixa de travá-lo inconscientemente.

  • Auxilia no pré e pós-parto

A mulher que pratica pompoarismo tem vantagens na hora do parto por conta também das contrações voluntárias. Como ela adquire força conforme pratica os exercícios, na hora do parto normal, a força que ela fará será muito mais potente e a contração mais forte, facilitando a saída do bebê.

Já após o parto, como a mulher tem a musculatura trabalhada, é mais rápida a recuperação.

  • Diminui os sintomas da menopausa

A menopausa é quando o ovário deixa de produzir óvulos e há um desequilíbrio hormonal por conta deste fato. Os principais sintomas que o pompoarismo trata são: secura vaginal, redução da libido e dispareunia (dor durante o ato sexual).

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA