1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2.822 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

O que é teratoma – Saiba as causas e tratar

0

O Teratoma é um tumor que pode ser benigno ou maligno muito comum nos ovários (cisto dermoide) em mulheres em idade fértil Os seus sintomas geralmente são sentidos quando estiver numa fase muito avançada.

Saiba mais informações, acesse: 9 Melhores Exercícios para Praticar na Gravidez

O diagnóstico deste tumor muitas vezes é descoberto por acaso numa ultrassonografia pré-natal durante a gestação sem nenhum sintoma especifico.

Como saber se tenho Teratona?

Para ter certeza do diagnóstico do Teratoma é preciso fazer uma tomografia computadorizada, identificando assim alguma massa estranha nosso corpo, pois ele pode se instalar em qualquer lugar, mas o mais usual são nos ovários e nos testículos masculinos, o exame deve ser avaliado pelo médico.

O que é teratoma - Saiba as causas e tratar
O que é teratoma – Saiba as causas e tratar

O Teratoma geralmente não apresenta qualquer tipo de sintoma, podendo ser identificado apenas através de exames clínicos de rotina, como ultrassom, tomografia computadorizada e raio-x.

Quais os sintomas do Teratona?

Alguns sintomas podem ser sentidos apenas quando o Teratoma estiver muito desenvolvido como: Inchaço em alguns lugares do corpo, dor constante e uma sensação de pressão em alguma parte do corpo, justamente onde o Teratoma estiver instalado. Em alguns casos mais complicados se o tumor for maligno, o câncer pode se desenvolver para os órgãos que estão próximos, tendo assim a diminuição do funcionamento desses órgãos.

Saiba mais informações, acesse: Como não Engordar na Gravidez

Teratona sendo localizado em algum segmento da coluna vertebral pode ocorrer alguns sintomas como constipação, incontinência urinaria ou fecal e fraqueza nas pernas.

Como é feito o tratamento do Teratona?

O tratamento para o Teratona depende em que local do corpo está instalado e que tipo de tumor benigno ou maligno, mas em geral implica na remoção via cirurgia. Se o Teratoma for maligno além da remoção ainda o tratamento poderá incluir a quimioterapia e radioterapia.

Quais as causas do surgimento do Teratona?

As causas do surgimento do Teratona ainda não são muito conhecidas. O que alguns pesquisadores descobriram através de estudos com os camundongos é que o tumor parte de células-tronco embrionárias o que estaria associado a desfeitos hereditários e muitas vezes são congênitos.

Qual o local em que pode aparecer o Teratona?

O Teratona pode ser um tumor benigno ou maligno são mais comuns nos ovários ou nos testículos em adultos e na região sacrococcígea em crianças.

Mas o Teratona também pode aparecer em outros locais como, por exemplo: pulmão.

O mais comum do Teratonas é o cisto dermoide ovariano, sendo um tumor misto, compreendendo vários tipos de tecidos derivados dos três folhetos embrionários (dentes, material sebáceo, cabelo pele, tecido nervoso, conjuntivo, muscular ósseo, Etc.). O tumor benigno é comum entre mulheres durante a idade reprodutiva podendo inclusive atingir alguns quilos.

Saiba mais informações, acesse: Como Fica o Sexo Durante a Gravidez

Teratoma causas

O teratoma não é algo que se adquire ao longo da vida, pelo contrário: ele nasce com o bebê. Ele pode ser causado por uma mutação genética que acontece no desenvolvimento do feto. O teratoma tem um crescimento muito devagar e, na maioria dos casos, é identificado somente na infância ou na vida adulta por meio de exames de rotina. Ainda que sua causa tenha ligação com a genética, esse tumor não é hereditário.

Teratoma olho

Ainda que não seja comum, o Teratoma pode afetar o olho. Esses casos são mais raros, mas existem. É ideal que o paciente procure o médico rapidamente caso sinta alguma mudança em seu olho ou dificuldade constante para enxergar até mesmo de perto.

O que é teratoma - Saiba as causas e tratar
O que é teratoma – Saiba as causas e tratar

Quais as complicações que podem ocorrer do Teratoma?

No caso do Teratona instalado no ovário (cisto dermoide), que é o mais comum, poderão ocorrer complicações como: torção do seu pedículo vascular, ruptura do cisto na cavidade do peritônio ou infarto hemorrágico provocando peritonite química.

As complicações podem variar dependendo onde o Teratona estiver localizado e a fase do seu desenvolvimento. Quanto antes for diagnosticado mais fácil e menos complicações poderão ocorrer.

Tratamentos para Teratoma

Existe apenas um tratamento para Teratoma e ele consiste em uma cirurgia onde o tumor será removido, o que irá evitar que o mesmo continue crescendo. Na cirurgia também é retirada uma amostra das células do paciente, que são enviados ao laboratório para definir se o tumor é benigno ou maligno.

Há casos em que o teratoma pode crescer muito devagar; quando isso ocorre o médico pode optar apenas por efetuar uma observação do tumor, que consiste em exames regulares e consultas seguidas com o intuito de avaliar o grau de desenvolvimento do tumor. A cirurgião é ideal somente quando o tumor aumenta muito.

Teratoma em homens

O teratoma pode surgir tanto em mulheres quanto homens. No caso deles, é comum que o problema ataque os testículos, mas isso não é uma regra: ele pode surgir em qualquer parte do corpo. Outro destaque importante é que o teratoma não costuma atingir mais de um local do corpo; sendo assim, se você fizer o tratamento adequado, pode ter chances de nunca mais desenvolvê-lo.

Teratoma maligno

Na maioria dos casos o teratoma é benigno e dependendo do seu tamanho e sintomas, pode nem precisar de um tratamento. Quando apresentar células cancerígenas, deve ser retirado para evitar o crescimento. Em casos que o teratoma é maligno, além da cirurgia pode ser necessário que o paciente faça quimioterapia ou radioterapia, o que garantirá que todas as células cancerígenas sejam eliminadas.

Teratoma vivo

Teratoma é um tumor que em sua maioria é formado por resíduos fetais e tecidos embrionários, podendo apresentar na maioria das vezes cabelos, dentes, unhas ou até dedos. Por isso mesmo esse tumor é considerado “vivo”, por desenvolver formas e características únicas.

Teratoma tumor

O teratoma não é conhecido por apresentar muitos sintomas, mas quando eles surgem são caracterizados por uma dor constante, inchaço em algum local do corpo e sensação de pressão em um local. É mais comum esses sintomas aparecerem quando o tumor já está mais desenvolvido. Quando não há sintomas, a melhor forma de identificar o problema é com exames de rotina, como raio-x, ultrassom e outros.

Se o tumor for maligno, pode ocorrer do câncer se espalhar para os órgãos mais próximos, danificando o seu funcionamento.

 

 

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA