1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Peeling Facial – Saiba como Funciona e Quais as Indicações

0

O peeling é um tratamento não cirúrgico, para tratar do rejuvenescimento da pele. Ele deixa ou mantêm a pele mais macia, lisa, sem rugas ou manchas, deixando-a mais jovem e saudável. Além disso, existem tipos de peelings diferentes, ao qual o profissional irá avaliar a sua pele para tomar a decisão de qual mais se adapta a ela e que te trará mais benefícios. Então, vamos conhecer mais sobre esse método tão utilizado na busca de uma pele mais bonita.

Peeling Facial – O Que é e o Qual a sua Função?

A motivação de usar a técnica de peeling é fazer a estimulação da produção de colágeno e elastina contidas na pele, que são proteínas responsáveis por manter o aspecto de firmeza e elasticidade, ou seja, o peeling atua na promoção da renovação celular, removendo as células mortas e permitindo a regeneração da derme, prevenindo assim a aparência de envelhecimento e outros aspectos que são incômodos para o rosto, além disso, dá uma aparência de suavidade, maciez e saúde, melhorando o aspecto e a textura da pele.

Peeling Facial – Camadas da Pele

O peeling influência em diferentes camadas da pele, variando de acordo com o tipo de peeling, seja ele, físico, químico ou à laser, e de acordo com a intensidade ou concentração, fazendo-o atuar de forma mais superficial, intermediária ou profunda.

O peeling é um tratamento não cirúrgico, para tratar do rejuvenescimento da pele. (Imagem: Divulgação)
O peeling é um tratamento não cirúrgico, para tratar do rejuvenescimento da pele. (Imagem: Divulgação)

A pele é formada por 3 camadas, epiderme (superficial), derme (intermediária) e hipoderme (profunda), sendo a hipoderme já considerada um tecido subcutâneo, chamado também de tecido adiposo, que não é abrangente ao peeling, tornando a derme (intermediária) a camada mais profunda que é atingida pelo processo do peeling. Cada camada possui subdivisões onde se encontram células de diferentes formas e tipos.

Peeling Superficial: É menos agressivo, diminui imperfeições externas da pele.

Peeling Intermediário: Alcança subdivisões das camadas, alcança um pouco mais que o superficial.

Peeling Profundo: Atinge a epiderme e a derme, é mais agressivo e trata alterações mais profundas.

Peeling Facial – Tipos de Peeling

O peeling pode ser dividido em 3 tipos: químico, físico e à laser. A diferença de cada um é encontrada na forma em que a descamação da pele é feita. Para a utilização de cada tipo é necessária uma avaliação da pele, observando o tipo, coloração, alterações, e de acordo com o objetivo, com esses critérios levados em consideração é selecionado o tipo de peeling a ser usado.

O peeling pode ser dividido em 3 tipos: químico, físico e à laser. (Imagem: Divulgação)
O peeling pode ser dividido em 3 tipos: químico, físico e à laser. (Imagem: Divulgação)

Peeling Químico: a descamação é feita através do uso de ácidos. A escolha do ácido e da concentração varia de acordo com o tipo de pele e da profundidade que deseja alcançar (Superficial, Média ou Profunda) e quais resultados devem ser obtidos.

Peeling Físico: a descamação é feita através do uso de processos mecânicos. Os aparelhos fazem um lixamento sutil da pele, para renovação celular e aumento da vascularização local, há 2 tipos de peeling físico, Peeling de Cristal e Peeling de Diamante.

Peeling à Laser: é uma forma mais nova de peeling, tecnologias ainda estão sendo desenvolvidas. O tipo mais comum é o de CO2 fracionado. E também pode atingir de forma, superficial, intermediária ou pronfunda.

Peeling Facial – Indicações

O peeling é indicado para peles ásperas, espessas ou desidratas; sardas, leasmas (manchas escuras) e outras manchas senis; rugas; cicatrizes. hiperpigmentação pós-inflamatória; acne e rejuvenecimento. É selecionado o tipo de peeling de acordo com o objetivo.

O peeling é indicado para peles ásperas, espessas ou desidratas; sardas, leasmas e outras manchas senis; rugas; cicatrizes. (Imagem: Divulgação)
O peeling é indicado para peles ásperas, espessas ou desidratas; sardas, leasmas e outras manchas senis; rugas; cicatrizes. (Imagem: Divulgação)

Peeling Facial – Contraindicações do Tratamento

As principais contraindicações do peeling são para herpes e infecções locais; alergia ao componente que será utilizado; gestação; alguns casos de cardiopatias; defeitos na cicatrização da pele; imunodeficiências; doença hepato-renal.

Peeling Facial – Cuidados Necessários Antes e Depois

Procedimentos devem ser seguidos antes e após um procedimento de peeling. Eles variam um pouco de acordo ao peeling selecionado. O profissional escolhido para efetuar a técnica irá lhe instruir quanto os cuidados a serem tomados. Porém, os principais e que se aplicam de formal geral são:

Antes: Você será avaliado e receberá instruções de como a pele deverá ser preparada, com algum tipo de creme para acelerar o rejuvenescimento celular e evitar possível complicações. Além de usar diariamente o protetor solar facial próprio para sua pele.

Após: Evitar se expor ao sol; usar protetor solar fps 40 ou maior, e aplicar várias vezes por dia; tomar muito cuidado ao usar maquiagem, e respeitar o tempo que deverá ficar sem usá-la; não usar esfoliantes e somente utilizar cremes prescritos pelo profissional; cuidar com a água quente sobre a pele tratada, além de jamais puxar ou arranhar os excessos provenientes do peeling, para não causar danos à pele, ou mesmo formar cicatrizes.

Procedimentos devem ser seguidos antes e após um procedimento de peeling. (Imagem: Divulgação)
Procedimentos devem ser seguidos antes e após um procedimento de peeling. (Imagem: Divulgação)

Como falamos acima, o peeling tem diversos benefícios, seus efeitos são muito satisfatórios contra envelhecimento da pele e suas imperfeições, melhora da textura, maciez e espessura, entre outras imperfeições da pele. A quantidade das sessões e a duração variam muito de cada conduta e objetivos, e o custo também varia de acordo.

A sensação na hora da aplicação pode ser de uma espécie “pinicamento”, ardor ou queimação na face, mas extremamente suportável. Outro ponto positivo do peeling, é que ele raramente causa reações adversas ou negativas. No entanto, só trará bons resultados com a escolha de um profissional qualificado para aplicar, e seguindo todos os passos essenciais no pré e pós – peeling, você terá a melhor efetividade do procedimento.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA