1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Quais os Sintomas da Hipoglicemia e a Hiperglicemia

0

A hipoglicemia também pode receber o nome de nível de açúcar baixo e é causada pela baixa concentração de glicose no sangue.

Esse distúrbio pode ou não afetar pessoas que possuem diabetes e, se não tratado, pode trazer ainda mais problemas. Existem dois tipos de hipoglicemia e aqui você irá conhecer os dois e suas diferenças. Além disso, conhecerá também os sintomas causados pela hiperglicemia (causada pelo excesso de açúcar no sangue).

Hipoglicemia e Crise – Sintomas

A hipoglicemia traz consigo alguns sintomas que são característicos apenas desse distúrbio e por isso podem ser facilmente identificados.

Os sintomas da hipoglicemia são vistos no momento de uma crise que pode acontecer antes ou após as refeições. Alguns sintomas comuns da hipoglicemia são: confusão mental, dificuldade de realizar tarefas simples e comportamento anormal. Outros sintomas também podem acabar aparecendo, mas estes não são tão comuns: coma, convulsão e perda de consciência.

Saiba mais Informações, acesse: Como é Feito os Testes de Alergias?

Quais os Sintomas da Hipoglicemia e a Hiperglicemia
Quais os Sintomas da Hipoglicemia e a Hiperglicemia. Imagem:Divulgação

Ainda existe a possibilidade de surgir outros sintomas como suor frio, ansiedade, fome excessiva e tremores, mas eles não são exclusivos da hipoglicemia e por isso podem ser facilmente confundidos. A recomendação é basear-se nos sintomas mais comuns já citados anteriormente.

Hiperglicemia Sintomas

A hiperglicemia é justamente o contrário da hipoglicemia: acontece quando há excesso de açúcar no sangue. A hiperglicemia é um distúrbio muito comum nos diabéticos e pode fazer vir a tona sintomas como urina excessiva, dor de cabeça, sonolência, enjôo, boca seca, dificuldade para respirar, cansaço e fome. Os sintomas da hiperglicemia não costumam aparecer logo quando há excesso de açúcar no sangue, apenas após alguns dias.

Hipoglicemia Reativa

A hipoglicemia reativa também pode ser chamada de pós-prandial e é um dos dois tipos de hipoglicemia que existem. Ela não é tão comum assim, mas geralmente ocorre após três ou cinco horas da refeição. Esse tipo de hipoglicemia também pode aparecer em indivíduos que tenham realizado a cirurgia bariátrica (consiste na redução do estômago para fazer o indivíduo emagrecer).

Hipoglicemia Tratamento

O tratamento inicial da hipoglicemia irá depender dos sintomas que o paciente apresentou. Aqueles que tiverem apresentado sintomas mais comuns podem ser tratados com ingestão de açúcar por meio de doces e sucos. Aqueles que tiverem sintomas mais graves podem necessitar de injeções de glicose intravenosa, fazer mudanças na dieta e manter uma rotina de atividades físicas.

Saiba mais Informações, acesse: O que é Astigmatismo – Sintomas e Curas

Quais os Sintomas da Hipoglicemia e a Hiperglicemia
Quais os Sintomas da Hipoglicemia e a Hiperglicemia. Imagem:Divulgação

A hipoglicemia também pode ser causada pelo uso de um medicamento. Nesse caso, o ideal é suspender o uso deste e substituí-lo por outro.

Hipoglicemia na Gravidez

As gestantes que não seguirem a recomendação médica durante a gravidez podem sofrer com alguns sintomas como desmaios, tontura, fraqueza, confusão mental e sensação de dormência. Esses sintomas podem ser neutralizados se a gestante ingerir algum alimento que aumente o seu nível de açúcar no sangue.

Saiba mais Informações, acesse: Opti Memory – Leia Antes de Comprar!

No entanto, deve-se tomar um cuidado caso a gestante seja portadora de diabetes e também para evitar outras complicações. O mais recomendado é o acompanhamento médico para que não haja mais problemas. A gestante deve informar ao seu médio caso seja portadora de alguma doença já no início do pré-natal.

 

O site boaformaesaude.com.br é um espaço informativo de educação e divulgação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto de diagnósticos ou tratamentos, sem antes consultar um médico ou profissional de saúde habilitado.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA