1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Quais são os riscos do Jejum Intermitente?

0

Atualmente, é muito falado sobre o jejum intermitente como uma forma para obter resultados de emagrecimento rápido. Mas será que é uma prática saudável? Qualquer pessoa pode resolver adeira a este método? Quais são os seus benefícios?

Para esclarecer algumas dúvidas comuns sobre o jejum intermitente, buscamos informações sobre como é feita sua prática, e explicaremos o que é, como funciona e quais são seus benefícios.

Jejum Intermitente
Jejum Intermitente

O que é jejum intermitente?

Definido como uma estratégia nutricional, o jejum intermitente, utiliza de períodos de intervalos em jejum com com períodos de consumo alimentas. A duração dos jejuns geralmente são de 14 horas para mulheres e 16 horas para homens e alguns autores enquadram um consumo de 300 a 500 calorias por dia como forma de jejum.

Como Funciona o Jejum Intermitente?

O que acontece com a ausência de alimentação por 12, 24 ou 36 horas nas células do corpo?

Diversas pesquisas são feitas para entender o funcionamento do jejum intermitente no organismo.

Estudos publicados em 2014 comprovam que a ausência de alimento por um período mais longo estimula processos de reparação das células e modifica os níveis hormonais no sangue, liberando o corpo para realizar a queima de gordura estocada no tecido adiposo.

Em suma, o jejum intermitante emagrece. Isso devido ao fato de que o corpo recorre aos seus próprios estoques de gordura como fonte de energia. O método de emagrecimento é surpreendente. Porém os benefícios do jejum intermitente vão além da perda de peso. Pode-se notar algumas outas mudanças positivas no organismos, como:

  1. Redução da insulina no sangue – melhora a sensibilidade das células à insulina. Isso também facilita o emagrecimento e ajuda a prevenir Diabetes tipo 2.
  2. Aumento do hormônio do crescimento (HGH) – mais HGH no sangue facilita o ganho de massa muscular e também ajuda a queimar gordura. Ou seja, além de emagrecer, o jejum intermitente hipertroa.
  3. Reparação celular – em jejum, as células começam a comer a si mesmas como fonte de energia. Esse processo é chamado de autofagia e ajuda o organismo a se livrar de proteínas velhas e material genético sem função. Ou seja, a autofagia é como um “detox” das células.

Outros benefícios do jejum intermitente são a melhora na pressão arterial e a diminuição dos níveis inamatórios do organismo, o que contribui para baixar o risco de doenças

Qualquer pessoa pode aderir a este método de emagrecimento?

Embora o jejum intermitente possua diversos benefícios, ele não deve ser feito por qualquer pessoa. Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis (como diabetes tipo 2 e hipertensão, por exemplo), principalmente quando estiverem em tratamento medicamentoso, não devem recorrer a esta prática sem o devido acompanhamento de um nutricionista.

Também não é recomendado para crianças, gestantes e idosos (exceto se houver indicação de um nutricionistas para sua realização).

Jejum Intermitente
Jejum Intermitente

Pode beber água durante o jejum?

A ingestão de 2 litros de água por dia sempre é aconselhavel. Durante o jejum intermitente não existe restrição para o consumo de água, porque queremos manter os níveis do hormônio insulina baixos e a água não a ativa a liberação dele, por isso pode se beber água sem nenhum problema.

Quais são os riscos do Jejum intermitente?

O jejum intermitente apresenta riscos quando não é orientado por um profissional qualificado, podendo provocar hipoglicemia, pressão baixa, indisposição e carências nutricionais.

Quais são os benefícios? Emagrece mesmo?

Se houver uma devida orientação por um nutricionista, o jejum intermitente pode ajudar no tratamento de indivíduos que apresentam epilepsia, câncer, resistência à insulina e diabetes. Além disso, pode auxiliar no emagrecimento, mas é preciso estar dentro de um hábito alimentar saudável, de preferencia com baixo consumo de alimentos que são fontes de carboidratos (em especial, açúcares e farinas).

Jejum Intermitente
Jejum Intermitente

Antes de inciar o jejum intermitente ou qualquer método de emagrecimento rápido é importante buscar ajuda de um profissional da saúde e ter um conversa séria sobre o resultado e o processo desejados. Cada pessoa possui características físicas únicas, ou seja, o que pode ser bom para uma pessoa, pode ser extremamente perigoso para outra. Não adianta conquistar um corpo bonito durante pouco tempo e arriscar sua saúde. Busque seus objetivos com consciência e segurança.

Em suma, sim, o jejum intermitente pode ajudar a emagrecer, mas é necessário o acompanhamento profissional, para que o resultado seja satisfatório e sem riscos a sua saúde.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA