1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1.278 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Síndrome de Asperger – Causas, Sintomas e Tratamentos

0

Essa síndrome foi descrita em um primeiro momento no ano de 1944, pelo pediatra de Viena, Hans Asperger, como uma forma de “desordem da personalidade”. Mas foi somente na década de 90 que a síndrome ganhou reconhecimento internacional e foi relacionada a crianças que supostamente não tinham problema algum.

Saiba mais Informações, acesse: 8 erros de corredores iniciantes

A Síndrome de Asperger pode assolar crianças com habilidade intelectual normal, mas que por algum motivo possuem problema de entendimento com relação ao outro ser humano. Elas geralmente tem problemas sociais e agem bem fora do esperado para a sua idade.

Causas da Síndrome de Asperger

A causa exata da síndrome de Asperger é desconhecida até o momento e a patologia que é a base desta circunstância não é entendida por especialistas até hoje. No entanto, alguns estudos sugerem que os fatores que causam esta circunstância possam ser uma combinação de variáveis genéticas e ambientais. Diante desses fatores começam as mudanças na evolução do cérebro dando origem ao Asperger.

Saiba mais Informações, acesse: 7 Atitudes que não te deixam emagrecer

O que ficou bem claro na medicina e em estudos extensivos é que a síndrome de Asperger não depende de suas circunstâncias sociais ou econômicas de uma pessoa da educação, ou devido a própria falha da família na educação, alimentação e afins. O mal assola pessoas com características sociais e ambientais bem diferente entre si.

Síndrome de Asperger: Principais Características

As características clínicas principais da Síndrome de Asperger são:

  • Falta de empatia pelo outro
  • Um comportamento diante das interações sociais equivocado, sem demonstrar reciprocidade em atitudes de afeto e ora demonstrar um excesso de ingenuidade.
  • Sem habilidades para fazer amizades
  • Repetições nas conversas e falas
  • Não ter uma comunicação verbal enriquecedora
  • Se interessar somente por certos assuntos e de modo compulsivo
  • Problemas de coordenação motora

Diagnóstico da Síndrome de Asperger

O diagnóstico da Síndrome de Asperger pode ser feito com o uso de escalas padronizadas e por meio de avaliações dos aspectos específicos das habilidades sociais, de linguagem, cognitivas, de movimentos e também pontos que avaliam a qualidade dos interesses da criança. Isso inclui a utilização dos testes psicológicos usuais, história do desenvolvimento e comportamento, observação dos professores e exclusão de diagnósticos diferenciais.

Asperger
Asperger. Imagem: Divulgação

A média da idade do diagnóstico dessa síndrome é de 8 anos.

Pontos que levam a um diagnóstico:

  1. Tudo começa com um diagnóstico de autismo nos primeiros anos de vida.
  2. No primeiro ano da escola as características de socialização baixa e no processo de aprendizado já aparece.
  3. Ao levar no médico a criança ela apresenta expressão atípica de outra síndrome.
  4. Diagnóstico de outro membro da família podem dar a pista de que seu filho tem essa síndrome.
  5. Desordem psiquiátrica secundária é outra dica de que ele tenha essa síndrome.
  6. Adulto com características residuais de Asperger podem ser diagnosticado tardiamente.

Comportamento Social na Síndrome de Asperger

Uma pessoa com a síndrome de Asperger é vista como sendo diferente socialmente devido ao seu comportamento nada comum aos padrões considerados normais.

Segundo Gillberg (1989), uma criança com autismo possui falta de habilidade para interagir com outras crianças. Além disso, ela não interage e não entende os sinais sociais e com isso emite sinais nada apropriados para determinadas situações cotidianas.

Os critérios de comunicação não verbal interferem no comportamento social dessa criança:

·         Uso limitado de gestos

·         Linguagem corporal desajeitada

·         Expressão facial limitada

·         Expressão imprópria

·         Olhar parado, peculiar

Além disso, a criança não entende o sentimento do outro:

– Brincando com outras crianças:

·         Preferência de ficar sozinha ou com adulto

·         Não se vê como parte do grupo

·         Indiferença as pressões do grupo

A pessoa com essa síndrome não entende as regras básicas de conduta:

– Códigos de conduta

·         Não parece conhecer as regras informais da conduta social: pode dizer ou fazer coisas que ofendem ou incomodam outras pessoas

·         Rigidez com as regras que conhece

·         Impulsiva, age sem avaliar as conseqüências.

Técnica das histórias sociais: usada para capacitar a criança a entender situações específicas em que apresenta comportamento inadequado. Cria-se uma história onde a situação é descrita, destacando-se os aspectos sociais, as ações esperadas e informando o que está acontecendo e por que.

Problemas de Linguagem

Quase 50% das crianças com Asperger possuem atraso de linguagem em seu desenvolvimento no dia a dia. Fora isso, as crianças parecem ser menos capazes de ter uma conversação natural com outras pessoas, sendo que as diferenças acabam parecendo em áreas especificas, como por exemplo: na forma como a linguagem é utilizada, no contexto social, na semântica (duplos sentidos) e prosódia (ritmo, ênfase incomuns).

Saiba mais Informações, acesse: 7 Frutas que engordam: Elas podem estar sabotando a sua dieta

– Problemas mais comuns de linguagem:

·         Atraso no desenvolvimento da fala.

·         Expressão superficialmente perfeita.

·         Linguagem formal, pedante.

·         Características de voz e prosódia peculiares.

·         Falhas na compreensão da linguagem, com erros de interpretação dos significados implícitos, leva “ao pé da letra”.

A pessoa com essa síndrome não é muito coerente com os seus padrões de fala e se repete muito, tendo interesse fora do comum por um determinado assunto. A pessoa com Asperger faz comentários sem relevância alguma para determinadas situações.

É preciso prestar atenção na repetição desse padrão de comportamento e levar ao médico (psicólogo e psiquiatra) o mais breve possível para que o diagnóstico possa ser dado. Oriente o seu filho sobre os comentários que ele faz sobre os assuntos e veja como ele vai se comportando no dia a dia.

Use sempre figuras de linguagem e expressões populares (caiu a ficha, o gato comeu sua língua, fica frio, etc) para ajudar na compreensão da criança.Sempre tenha cautela ao orientar uma pessoa com a síndrome, pois elas seguem a risca as orientações por não saber mediar e tomar decisões a respeito.

Em conversas, nós mudamos o tom de voz e o volume para dar ênfase a certas palavras (Eu não disse que ela roubou o meu dinheiro). Crianças com Asperger normalmente não utilizam este recurso e não o reconhecem na fala de outra pessoa.

Saiba mais Informações, acesse: Dicas de Cardápio para Emagrecer Rapidamente

Falta de habilidade motora com a síndrome de Asperger

Uma grande falta de habilidade motora acontece com 50 a 90% das crianças e adultos com Asperger. Nas crianças pequenas pode se manifestar como uma habilidade bem limitada para jogos com bola, dificuldade em amarrar sapatos e um andar característico, bem diferente do normal.

Já na idade escolar a criança pode ter uma letra de mão ruim, ilegível e falta de aptidão para esportes que exigem muito da sua coordenação motora. Na adolescência uma minoria dessas crianças desenvolve tiques faciais ou piscam os olhos constantemente, sem um controle sobre o seu desenvolvimento.

Na hora de andar, por exemplo, a pessoa com a síndrome pode ter falta de coordenação entre os membros superiores e inferiores, dando uma aparência de “boneco” ao andar ou correr, por ser travado e descoordenado. Esse problema pode ser amenizado com o uso de fisioterapia programas usando espelhos, música, dança. E interessante notar que a habilidade para nadar parece ser a menos afetada.

Uma criança que sofre com esse mal pode precisar de atividades que necessitam de muito equilíbrio. Uma pessoa com a síndrome precisa de ajuda para atividades mais simples do dia a dia, como se vestir, escovar os dentes, amarrar os sapatos e até se alimentar.

Mesmo diante dessas falhas motoras, as crianças com essa síndrome possuem uma excelente memória. No entanto, quando colocam uma coisa em sua mente é complicado mudar a sua opinião. Por isso, persistência é tudo.

Qual é a diferença entre Autismo de Alto Rendimento e Asperger?

O termo Autismo de Alto Rendimento nasceu para classificar crianças que apresentaram sinais de autismo clássico nos primeiros anos de vida e então aprenderam a falar usando sentenças mais complexas, habilidades sociais básicas e capacidade intelectual normais, ao contrário de alguns pacientes que sofrem com essa anomalia. Crianças com Asperger não apresentaram características do autismo clássico em seus primeiros anos de vida.

Quem tem Asperger pode ter outros males em virtude da síndrome, como por exemplo: (esclerose tuberosa, neurofibromatose, paralisia cerebral) que constituem fatores de risco para Asperger. É possível também que uma criança tenha também Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade associado e deve ser tratada para ambas.

Síndrome de Asperger
Síndrome de Asperger. Imagem:Divulgação

Meninos têm mais chances de ter Asperger

Assim como acontece com o Autismo, a probabilidade de uma menina ter Asperger é maior. A cada menina com o mal 10 meninos o possui, embora a evidência epidemiológica indique 1 menina afetada para cada 4 meninos. Os meninos têm déficits sociais maiores e maior propensão a comportamento agressivo ou inadequado, principalmente quando frustrados ou ansiosos.

As pesquisas indicam ainda que quando a menina tem a síndrome é mais simples de realizar o tratamento, pois elas conseguem imitar melhor o comportamento social de outras garotas e o tratamento acaba sendo mais eficaz.

Saiba mais Informações, acesse: Como emagrecer 10 kg em 10 dias

Pessoas com Asperger podem levar uma vida comum e serem extremamente bem sucedidas profissionalmente e até constituir família. Tudo depende do grau da síndrome da pessoa e como o tratamento foi levado, as formas como ele aconteceu. Por isso, quanto antes descobrir melhor.

 

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA