1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1.657 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sintomas de Hipoglicemia

0

É a diminuição da quantidade normal de glicose no sangue que pode afetar pessoas portadoras de diabetes.

Existem dois tipos de hipoglicemia: a hipoglicemia de jejum e a hipoglicemia pós-prandial ou reativa, como também é conhecida. A diferença entre as duas é simples, a de jejum ocorre antes das refeições e a pós-prandial ocorre após as refeições.

Saiba mais Informações, acesse: Lift X – Funciona Mesmo?

Sintomas de Hipoglicemia
Sintomas de Hipoglicemia

Este segundo tipo não é tão comum quanto o primeiro, mas ainda assim aparece com alguma frequência. E é recomendado consultar um médico.

Muitos cenários podem levar uma pessoa a desenvolver hipoglicemia, principalmente quando praticam jejum, mas para entender melhor esse distúrbio é bom saber exatamente como funciona a regulação de açúcar em nosso sangue.

Hipoglicemia, qual o Tratamento?

Para tratar hipoglicemia, são necessários dois tipos de tratamento: inicial e imediato. Pois ajuda a aumentar as taxas de glicose no sangue e na identificação da condição do que está causando a hipoglicemia, para fim de trata-la.

Saiba mais Informações, acesse: Sibutramina Sem Receita: Onde Encontrar

O tratamento inicial vai depender primeiramente dos sintomas apresentados pelo paciente. Sinais mais simples da doença podem ser tratados por meio da ingestão de açúcar, como doces e sucos de frutas.

No entanto, se os sintomas forem mais severos, o paciente talvez necessite de injeções de glucagon ou de glicose, além de mudanças na dieta e na rotina de exercícios físicos frequentes.

Sintomas de Hipoglicemia
Sintomas de Hipoglicemia

Prevenir a reincidência de hipoglicemia requer outras medidas. Se um medicamento for a causa da hipoglicemia, o médico poderá sugerir a troca deste por outro. Agora, se a causa for um tumor no pâncreas, o tratamento é feito por intervenção cirúrgica.

Tomar acidentalmente remédios para diabetes de outras pessoas pode levar a um quadro de hipoglicemia, principalmente em crianças e adultos com problemas renais. O consumo de outros medicamentos, como a quinina, usada para tratar malária, também pode levar ao desenvolvimento do distúrbio.

Saiba mais Informações, acesse: Spinning. Suas Vantagens e seus Benefícios!

Sintomas de Hipoglicemia

O corpo humano precisa de uma quantidade específica de açúcar para funcionar propriamente. Quando há hipoglicemia, podem aparecer alguns sintomas comuns, como:

Confusão mental ; Comportamento anormal ; Dificuldade em realizar atividades simples e de cumprir tarefas rotineiras.

É recomendado realizar um exame de sangue para saber se a causa realmente é hipoglicemia ou não.

Alimentação para quem tem Hiploglicemia

Antes de tudo é recomendável consultar um nutricionista.

Aumente o consumo de:

Em caso de hipoglicemia reativa, ou seja, quando o indivíduo tem tendência para entrar em crise de hipoglicemia reativa, se deve comer alimentos ricos em fibras que retardam a digestão como cereais integrais, verduras e frutas.

Saiba mais Informações, acesse: Como Emagrecer 10 kg em 10 dias

É importante seguir uma alimentação equilibrada e dar preferência a alimentos ricos em proteínas como carne magra, peixe e ovo e em carboidratos complexos como por exemplo pão integral, arroz e massa, sendo que a versão integral destes alimentos também possui mais fibra.

hipoglicemia e hiperglicemia

HIPOGLICEMIA (Nível muito baixo de açúcar no sangue)

A hipoglicemia é causada por um nível baixo de glicose no sangue do corpo humano, geralmente em um nível menor que 70mg/dl.

A hipoglicemia em causas mais elevadas pode levar a perda de consciência, ou possíveis convulsões sendo um problema de saúde considerado muito grave.

A hipoglicemia tem sinais que são considerados importantes para a prevenção sendo que podem variar de organismo para organismo. Com o tempo portadores da doença costumam saber quando o nível de glicose no sangue está baixando muito rápido, normalmente usuários de insulina tem maior riscos de hipoglicemia, portadores devem acima de tudo manter o nível de glicose no organismo bem controlada.

HIPERGLICEMIA (Nível muito alto de açúcar no sangue)

Hiperglicemia é quando há um nível baixo de insulina no organismo, pode ser causada por;

Dose incorreta de insulina, se você tem o Tipo 1;

Dificuldade do corpo para utilizar a insulina que está sendo produzida (resistência à insulina), no caso do Tipo 2;

Excesso de alimentação – e falta de exercícios físicos;

Stress causado por uma doença, outras formas de estresse, na família, na escola ou no trabalho;

A hiperglicemia é a elevação da glicose no sangue, em geral acompanha-se também de altos níveis de açúcar na urina, causando excesso de urina e vontade frequente de urinar e por consequência, aumento da sede.

Uma das formas de baixar a glicose no sangue é fazer exercícios físicos. Se a taxa de glicose no seu sangue estiver acima de 240 mg/dl, é importante checar os níveis de cetonas, no sangue ou na urina. Se houver cetonúria (na urina) ou cetonemia (cetonas no sangue), os exercícios físicos já não são recomendados, já que podem levar à descompensação metabólica e fazer a glicose subir ainda mais.

Crise de hipoglicemia sintomas

Os sintomas da hipoglicemia se manifestam muito raramente, o corpo humano responde com a baixa de nível de glicose por causa da liberação de adrenalina pelo organismo. Também pode causar ataques de ansiedade: tremores, nervosismo, fome e até chegar ao desmaio. em casos mais graves reduz o fornecimento de glicose para o cérebro e provoca náusea, cansaço, fraqueza, cefaleias, incapacidade de concentração, confusão, comportamento inadequado que pode ser confundido com embriaguez, alterações da fala, visão turva, convulsões e coma.

No caso mais grave e prolongado de hipoglicemia pode causar lesões no cérebro de forma que não tenha retorno causando sequelas e podendo levar até ao óbito.

Hipoglicemia é diabetes

A hipoglicemia não é considerada diabetes mas não cuidando e tratando de maneira correta a diabetes pode se agravar e vir a se hipoglicemia.Tontura, mal estar, visão turva, sudorese, fome intensa, taquicardia e alteração do nível de consciência são sintomas do mal conhecido por hipoglicemia, recorrente entre pessoas com diabetes e caracterizada por níveis de glicose abaixo dos 60mg/dL – os valores ideais estão na faixa entre 70mg/dL e 99mg/dL. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, pelo menos metade dos portadores de diabetes tipo 1 sofrem episódios de hipoglicemia uma vez por mês, mal que também afeta alguns pacientes de diabetes tipo 2, ainda que mais raramente.

Hipoglicemia o que fazer

Se a pessoa não for diabética: Oferecer um copo de água com 2 colheres de açúcar, ou um copo de suco de frutas natural, ou bala. O importante é que a vítima ingira alimento com glicose.

Se a pessoa for diabética: Perguntar se usa algum tipo de medicamento, se tem controle para diabetes e se está na hora de tomar o remédio. Em caso positivo, dê o remédio, mas mesmo medicando a vítima, o ideal é encaminhá-la ao controle medico.

Se o indivíduo desmaiar: O protocolo nos recomenda colocar um pouco de açúcar debaixo da língua da vítima, ou umedecer uma gaze com água doce e colocar calmamente em seus lábios. Mas o mais importante nestes caso é procurar um hospital!

Se a pessoa que estiver desmaiada for diabética e tomar insulina, jamais aplique a medicação, pois, com ela inconsciente, não se tem controle do quadro. Nestes casos, a procura pelo hospital deve ser imediata.

Sintomas de Hipoglicemia
Sintomas de Hipoglicemia

O que deve Eliminar:

Para evitar as crises de hipoglicemia reativa não se deve comer alimentos ricos em açúcares e carboidratos simples como bolos, bolachas, chocolates, rebuçados, refrigerantes, alimentos refinados como pão branco. É importante também excluir da alimentação as bebidas alcoólicas.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA