1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

7 Dicas para mulheres que querem correr durante a gravidez

0

 

Se exercitar é algo recomendado a todos e, mesmo que você se encontre com alguma condição que de impeça de exercer algum tipo de atividade, sempre existe uma alternativa para não deixar o corpo parado. Muitas mulheres que descobrem a gravidez, por exemplo, acreditam que não é necessário praticar exercícios porque isso pode prejudicar o bebê.

Mas, bem ao contrário disso, é extremamente importante que as mulheres mesmo grávidas continuem se exercitando e fugindo do sedentarismo, afinal, isso é sinal de saúde – e é o que toda mãe quer pra si própria e para o filho que está chegando, não é? E se você está grávida e a procura de uma atividade que a contemple, confira abaixo como inseria – ou dar continuidade – na sua vida.

Benefícios da atividade física para as grávidas

Gravidez não é sinônimo de ficar parada, por isso, se exercitar é muito importante também durante os noves meses. É claro que nem toda atividade física é recomendada para o período e ninguém é obrigada a gostar de determinado o esporte, mas, enfim, é possível, sim encontrar aquilo que mais se encaixa em sua situação. A não ser o que médico recomende repouso absoluto no seu caso, não tem nenhum mal em colocar o corpo para se movimentar.

correr durante a gravidez
correr durante a gravidez. Imagem:divulgação

Em muitos casos, a atividade física praticada de forma moderada pode não só trazer benefícios para o corpo como um todo, como também auxiliar no parto, caso ele seja normal. Se exercitar também ajuda no desenvolvimento do seu bebê, mas, como qualquer organismo – de uma mulher grávida ou não – sinônimo de saúde também quer dizer uma alimentação balanceada. Que tal, então, unir os dois?

Além disso, incluir alguma atividade em sua vida ajuda a melhorar a circulação sanguínea e o inchaço, algo que atinge muitas grávidas, não é? Também resulta em um fortalecimento abdominal, melhor funcionamento do intestino e até controle do peso e melhora na postura.

correr durante a gravidez
correr durante a gravidez. Imagem:divuglação

Mesmo com os benefícios, é preciso não forçar a barra também. Muita mulher, ao final da gravidez e com o peso do bebê, não consegue mais se exercitar com tanta freqüência e está tudo bem. Aliás, em caso de aparecimento de algum sintoma considerado estranho, não pense duas vezes antes de procurar o seu médico, ok? Principalmente em caso de enjôo, sangramento, falta de ar e outras complicações.

Atividades físicas recomendadas para grávidas

O mais recomendado é que as mulheres escolham atividades de baixa intensidade como hidroginástica e alongamentos. Assim já é uma forma de não ficar parada e não causar nenhum dano para o bebê.

Agora, se você já estava acostumada a fazer algum tipo de exercício, como a corrida, e gostaria de continuar na gravidez, é necessário conversar com seu ginecologista para verificar se essa é uma possibilidade real em sua gestação. Agora, se a corrida estiver liberada, olha só essas dicas legais para tudo dar certo!

7 dicas para correr durante a gravidez

  1. Invista mais na caminhada do que na corrida. A gestação não é cem por cento adequada para o exercício, mas você pode correr em velocidade baixa e em um percurso curto, intercalando com uma caminha mais longa.
  2. Diminua o ritmo. Se você costumava correr antes, nada de continuar no mesmo ritmo durante a gravidez. Caso o médico libere, reveja o seu treino antes de começar a praticar.
  3. Fique atenta aos sinais. O seu corpo mostrou qualquer sinal de desconforto? Então, é hora de parar rever se a prática está fazendo mais mal do que bem.
  4. Hidrate-se. E isso é muito importante para qualquer pessoa, não só durante a gravidez, viu?
  1. Busque companhia. Que tal encontrar uma amiga ou até mesmo uma personal para acompanhar durante os treinos? Em caso de qualquer complicação, você terá alguém para te auxiliar. Ah, ter o celular sempre por perto também é uma ótima ideia!
  1. Nada de perder o fôlego. Não leve seu corpo ao limite dele, ok? Fique dentro dos limites recomendados.
  2. Viva cada dia. Até porque, em alguns momentos você nem vai se sentir tão disposta assim a correr e tudo bem dedicar um tempo pra ficar em casa e curtir o crescimento do seu bebê. Só não pode colocar a saúde de vocês em risco, não é? De resto, vai dar tudo certo – e conte sempre com as pessoas ao seu redor para isso.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA